A RIQUEZA DA HUMILDADE

Deus presenteia os humildes de coração! Por isso quero insistir neste assunto. Salomão escreveu que “o galardão da humildade e do temor do Senhor é riquezas, e honra e vida” (Pv 22.4). Sendo assim, siga pelo caminho da humildade. “Porventura não escolheu Deus aos pobres deste mundo para serem ricos na fé e herdeiros do reino que prometeu aos que o amam?” (Tg 2.5). Esta observação de Tiago nos faz entender a afirmação de Deus que diz que “vale mais o pouco que tem o justo do que as riquezas de muitos ímpios” (Sl 37.16). Segundo Tiago, há uma espécie de riqueza que Deus reservou somente para aqueles que têm fé, porque os valores deste tesouro não podem ser calculados com a matemática deste mundo. Os valores do reino de Deus são diferentes, por isso Jesus Cristo nos instruiu a investirmos nas coisas eternas. “Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam. Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam” (Mt 6.19.20). Ele estava se referindo à verdadeira riqueza que os “pobres de espírito” usufruem por temerem a Deus e andarem segundo o conselho da Sua Palavra. “Bem-aventurados vós, os pobres, porque vosso é o reino de Deus” (Lc 6.20). Esta riqueza oriunda da fé traz a dupla honra do Senhor sobre a vida de seus filhos e permite-lhes caminhar no sobrenatural de Deus. Esta prosperidade espiritual o mundo não dá e o diabo não rouba! Davi sabia disso, por isso escreveu: “Temei ao Senhor, vós, os seus santos, pois nada falta aos que o temem. Os filhos dos leões necessitam e sofrem fome, mas àqueles que buscam ao Senhor bem nenhum faltará” (Sl 34.9,10). Pela fé e obediência, receba os galardões da humildade.



Ministérios


Notícias


DEVOCIONAIS EM VÍDEOS