O DESERTO DA PROVAÇÃO

Seja no deserto ou no jardim, Deus será sempre o seu único recurso. Por isso, aprenda a confiar Nele em todo o tempo e desenvolva um relacionamento diário com a Palavra de Deus. Ela será o seu sustento e a sua arma de defesa e ataque. Revista-se de toda a armadura de Deus e consagre-se em oração e jejum, afinal, ninguém está imune às tentações ou provações do caminho. Diz o relato bíblico que depois de ser batizado no rio Jordão, por João Batista, Jesus “foi conduzido pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo. E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome” (Mt 4.1,2). O diabo esperou o momento certo para atacá-lO, ou seja, a hora em que Jesus se sentiu mais necessitado.  É nestas horas que o adversário tentará tirar os nossos olhos de Deus para colocá-los em nós mesmos e tentará supervalorizar a nossa dor ou necessidade, posição e até mesmo o nosso chamado. Ele fez isso com Jesus, que experimentou o céu aberto no Jordão, e em seguida, entrou no inferno daquele deserto para ser provado. Jesus ficou face a face com Deus e cara a cara com o diabo, que tentou convencê-lo a fazer as coisas do seu próprio jeito e não do jeito de Deus. Jesus recusou-se a obedecer a satanás e a agradar a Si mesmo. Ele sabia que se cedesse qualquer coisa, perderia tudo, por isso não cedeu em nada e venceu a batalha. Tal qual Jesus, resista o diabo e ele fugirá de você. Ainda que você esteja necessitado, lembre-se que não é o lugar nem o que você possui que garantirá a sua vitória. Adão tinha tudo no jardim e foi vencido. Jesus não tinha nada no deserto e saiu vitorioso. Entenda, portanto, que de nada adiantará mudar de lugar se não houver mudança de coração. Sua vitória está em Deus. Ele é a fonte de toda provisão que você necessita.



Ministérios


Notícias


DEVOCIONAIS EM VÍDEOS